Saque Calamidade do FGTS

Os trabalhadores residentes em dez municípios do Rio Grande do Sul, incluindo Pinheiro Machado, já podem solicitar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade. A liberação, decorrente das enchentes, deve ser feita por meio do Aplicativo FGTS (mais informações abaixo) ou nas agências do banco.

Segundo a Caixa, o valor máximo para retirada é de R$ 6.220 por conta vinculada, limitado ao saldo da conta.
Requisitos / Documentos necessários:

– Carteira de Identidade ou documento com foto, como Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou passaporte (necessário enviar frente e verso do documento);
– Uma foto selfie, com o mesmo documento de identificação enviado;
– Comprovante de residência em nome do trabalhador: faturas de energia elétrica, água, telefone, gás, internet e/ou TV, fatura de cartão de crédito – com emissão até 120 dias antes da decretação de calamidade (2 de maio de 2024).

Mais informações sobre o Saque Calamidade, inclusive com a lista existente de municípios habilitados, podem ser obtidas no site: https://www.fgts.gov.br/…/sou…/saque-calamidade.aspx

Em resumo, a solicitação pode ser feita pelo aplicativo FGTS, opção Saques, pelo celular. Ao registrar a solicitação é possível indicar uma conta da Caixa, inclusive a Poupança Digital Caixa Tem, ou de outra instituição financeira para receber os valores, sem nenhum custo.

– Ao acessar o app FGTS, clique na opção “Meus Saques”;
– Escolha a opção “Outras Situações de Saques”;
– Selecione o motivo do saque como “Calamidade Pública”;
– Selecione a cidade e clique em “Continuar”;
– Escolha uma das opções para receber o benefício: crédito em conta bancária de qualquer instituição ou sacar presencialmente;
– Faça o upload dos documentos requeridos;
– Confira os documentos anexados e confirme;
A Caixa irá analisar a solicitação e, caso esteja tudo certo, o valor será creditado em sua conta.